O livro impresso também é digital!

Em sua coluna, André Palme elenca seis oportunidades que livreiros, editores e autores podem ter no “universo digital” para ampliar as vendas de livros físicos

E se o universo digital – nossa querida internet – fosse um grande canal de divulgação e de venda de livros físicos? Quando falo de digital, nem sempre estou falando de e-books. Por isso tenho preferido falar sobre o universo digital.

O que é o universo digital? Para que serve?

Este “lugar” nada mais é que a reunião de todas as ferramentas de comunicação e informação da internet: blogs, redes sociais, sites, apps de mensagens, e-commerces, etc.

As pessoas acessam o universo digital o tempo todo para buscar informação, para seu entretenimento, comprar produtos digitais (no nosso caso e-books, audiobooks) e também produtos físicos (neste caso livros impressos).

Ou seja, o universo digital não é só um ambiente para venda de livros e conteúdos digitais, mas também de livros impressos.

As vendas totais do e-commerce no Brasil em 2016, apesar da crise, tiveram um crescimento de 6%, segundo dados da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Por que o universo digital me ajudaria a vender mais?

Cada vez mais, existe muito conteúdo sendo produzido, que tem origem em diversas fontes: editoras, autores independentes, editoras independentes, etc. Ao mesmo tempo a busca e consumo de conteúdo também cresce, de maneira cada vez mais segmentada (as pessoas buscam por conteúdos de assuntos que lhes interessam).

Para fazer a ponte entre a produção e o consumo de livros impressos, existem os pontos de venda (livrarias, bancas de jornal, pontos de venda alternativos). A questão aqui é que justamente por serem pontos físicos, existe uma limitação – física – de capacidade de colocação e oferta destes livros. Isto acaba por afunilar esta enxurrada de conteúdos produzidos e não consegue – porque seria humana e fisicamente impossível – atender a toda demanda de consumo de conteúdo que se busca.

Não estou dizendo com isso, que os pontos físicos não são um canal importante de venda de produtos.

Mas o universo digital conecta, de maneira mais direta e rápida, quem busca conteúdo (o leitor) com quem produz este conteúdo (seja uma editora ou um autor).

Isto facilita o acesso aos livros, que podem ser digitais ou impressos. Esta conexão direta pode ser feita através das varejistas on-line, dos e-commerce das livrarias e direto pelo site da editora (um dos canais de venda menos utilizados).

Como o universo digital me ajudaria a divulgar melhor?

Além de te ajudar a vender mais, o universo digital pode te ajudar a divulgar melhor seu livro. Sabemos da importância de uma boa exposição do livro na livraria, das pilhas, vitrines, cubos, pontas de gôndola…

O universo digital também tem suas ferramentas de exposição de produtos. Só que nesse caso, ela pode acontecer de várias maneiras e em vários canais, por exemplo:

– no site da própria editora, com um botão de compra direta do livro;

– através do envio de um e-mail marketing, que direciona o cliente para o site de uma livraria;

– através das rede sociais da editora, a partir da criação de uma audiência de leitores e consumidores engajada, ou seja, que acompanha e interage nos canais da editora;

– através de plataformas digitais que unem divulgação e venda, como por exemplo a Book4You;

– através de redes sociais de leitura, como por exemplo o Skoob;

– através de influenciadores digitais literários, também conhecidos como booktubers: blogs e vlogs que divulgam livros, editoras e conteúdos no universo digital.

O processo editorial todo, do início da diagramação e revisão, até os pedidos de venda já acontece, em muito, no universo digital. Você já se perguntou quanto de tudo que é feito na sua editora, todos os processos, rotinas do dia a dia, interações com clientes, divulgação, é feito de maneira digital? Seja ela de maneira local (nos computadores do escritório) ou de forma on-line (conectado a internet).

O universo digital tem uma infinidade de plataformas, oportunidades e caminhos a serem percorridos e que podem alavancar em muito o marketing e a venda de livros impressos. Muitos gratuitos e outros tantos com custos acessíveis a empresas de todos os tamanhos.

E seus livros, são divulgados e vendidos no universo digital?

Aproveite para assistir à entrevista que André concedeu a Pedro Herz, da Livraria Cultura. Nele, Palme e Herz falam sobre as potencialidades e as possibilidades de exploração deste universo digital para a venda e divulgação de livros.

 

Fonte:PUBLISHNEWS